"Alguns dizem que precisamos matar um leão todos os dias para sobreviver, mas quem dera fosse apenas um leão. Tenho que matar o leão, suportar a dor,calar o sofrimento, fingir que estou bem. Tenho que sonhar. Todos os dias tenho que fazer inúmeras coisas e não posso abandonar nenhuma destas metas, pois se não suporto a dor eu caio, se não sonho meu futuro morre. Há quem julgue que sou um assassino da realidade, mas se não mato tudo isso, sou eu quem acabo morrendo."
- Otávio L. Azevedo   (via oxigenio-dapalavra)

(Fonte: sonetario, via lamoana)